House of Caju

BOLSA FEMININA EM COURO ALÇA DE MÇAO PRETA "JUDITE RODRIGUES CAVALCANTE DE ALMEIDA"

CÓD. HC11649PTLSOR
R$ 589,0010x de R$ 58,90 sem juros ou R$ 530,10 à vista

Frete grátis

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Não sei o meu CEP

CALCULANDO FRETE

Tipo Valor Prazo
VEJA MAIS CONDIÇÕES DE PARCELAMENTO. Clique aqui

Formas de parcelamento no cartão

  • 01 x de R$ 589
  • 02 x de R$ 295
  • 03 x de R$ 196
  • 04 x de R$ 147
  • 05 x de R$ 118
  • 06 x de R$ 98
  • 07 x de R$ 84
  • 08 x de R$ 74
  • 09 x de R$ 65
  • 10 x de R$ 59

HC11649PTLSOR

A Bolsa Alça de Mão foi pensada e desenvolvida para imprimir a personalidade da Mulher Brasileira.
Com fechamento em zíper, ela acompanha duas alças, uma de mão e outra transversal, que também pode ser usada no antebraço.
Com metais e forros altamente personalizados enaltecemos ainda mais a Brasilidade.
Para agregar ainda mais praticidade contamos com um bolso interno.

Dimensão da boca: 31.0cm
Dimensão da base: 30.0cm
Comprimento da alça de mão: 47.0cm
Altura da alça de mão: 13.0cm
Largura da alça de mão: 2.0cm
Largura da Alça Transversal: 1,20m (máximo) 70cm (minímo)
Cor: Preto
Material: Couro Fly
Sku: HC11649PTLSOX
Peso:
Banho dos metais: Ouro

A história por trás do nome dessa companheira:

"Índia muito guerreira chamada Judite Rodrigues Cavalcante de Almeida, conhecida por Dona Judite, nasceu em 30 de março de 1940 na aldeia Gitó. Seus pais se chamavam Leopoldina Cavalcante Nunes e Genuíno Rodrigues de Mendonça. Sua família era constituída por 14 irmãos sendo cinco mulheres e nove homens, sua mãe ainda adotou cinco crianças, mais duas meninas e três meninos. Começou a trabalhar como professora substituindo a irmã, Isabel, com a idade de 16 a 17 anos, depois passou a dar aula pelo município no turno da manhã na Aldeia Gitó. Conseguiu alfabetizar sua mãe de 70 anos e outras pessoas com 60, 50, 20 anos. As aulas aconteciam na igreja do Brejinho. até que o chefe do posto da FUNAI a contratou para reabrir a escola da aldeia que estava fechada a 12 anos. Assumir a escola de Brejinho foi uma responsabilidade difícil, pois ela precisou até enfrentar sozinha as ameaças de alguns homens que a queriam expulsar da escola. Com sua determinação, força e fé nos Encantos de Luz, e mesmo sendo mulher naquela época, conseguiu intimidá-los e defender a escola."

*OBSERVAÇÃO: Cada companheira da House of Caju possui uma história exclusiva, portanto a história acima pertence a companheira desta foto, cada companheira adquirida virá com uma história diferente.

Você já usou este produto?

Compartilhe a sua opinião com a gente.

Avalie este produto
0,0 de 5 estrelas (0 avaliações)
  • 5 estrelas
    (0)
  • 4 estrelas
    (0)
  • 3 estrelas
    (0)
  • 2 estrelas
    (0)
  • 1 estrela
    (0)