NEW IN
House of Caju

CARTEIRA FEMININA EM COURO "MAITÊ PROENÇA"

CÓD. HC302PTCMFRDOR
R$ 110,005x de R$ 22,00 sem juros ou R$ 99,00 à vista

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Não sei o meu CEP

CALCULANDO FRETE

Tipo Valor Prazo
VEJA MAIS CONDIÇÕES DE PARCELAMENTO. Clique aqui

Formas de parcelamento no cartão

  • 01 x de R$ 110
  • 02 x de R$ 55
  • 03 x de R$ 37
  • 04 x de R$ 28
  • 05 x de R$ 22

HCMAITÊPROENÇA


Dimensões: 22.0cm x 21.0cm x 10.0cm (comprimento, altura, profundidade)
Cor: Preta com Caramelo
Material: Couro
Sku: HC302PTCMFRDOR
Peso: 0,20kg

Maria da Conceição Evaristo de Brito nasceu em Belo Horizonte, 29 de novembro de 1946 é uma escritora brasileira. Ela nasceu em uma família pobre e é a segunda de 9 irmãos, sendo a primeira de sua casa a conseguir um diploma universitário. Ajudava sua mãe e sua tia com lavagem de roupas e as entregas, enquanto estudava. Nos anos 70, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou num concurso,começando a escrever apenas na década de 1990. Ela concluiu o mestrado em meados da década de 1990 e o doutorado no inicio da década de 2010. Conceição nasceu em uma comunidade da zona sul de Belo Horizonte, vem de uma família muito pobre, com nove irmãos e sua mãe, ela se mudou jovem para um lugar um pouco melhor e teve que conciliar os estudos trabalhando como empregada doméstica, até concluir o curso normal, em 1971, já aos 25 anos. Mudou-se então para o Rio de Janeiro, onde passou num concurso público para o magistério e estudou Letras na UFRJ. Na década de 1980, entrou em contato com o grupo Quilombhoje. Estreou na literatura em 1990, com obras publicadas na série Cadernos Negros, publicada pela organização. É mestra em Literatura Brasileira pela PUC-Rio, é doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense.

Nascida em São Paulo no dia 28 de janeiro de 1958 a atriz e escritora Maitê Proença Gallo é filha de Margot Proença e Augusto Carlos Eduardo da Rocha Monteiro Gallo. Maitê viu sua mãe ser assassinada com 11 facadas pelo próprio pai. A família da mãe de Maitê virou-lhe as costas e nunca mais quis contato com ela. A partir de então Maitê passou a sofrer de depressão e foi para um pensionato luterano buscar se esquecer de tudo e tentar um refúgio. A atriz então começa uma peregrinação viajando pelo mundo passando pela Itália, França e viajando para muitos outros países da Europa, África e Ásia. Até então ela ainda não desenvolvia sequer curiosidade pela interpretação, mas pouco a pouco foi se envolvendo. Resolveu fazer um curso de teatro que lhe projetou a conhecer Antunes Filho, famoso diretor de teatro. Ao vê-la o jornalista Mario Prata decidiu convidar para um teste na extinta TV Tupi. Não demorou muito e Maitê Proença estava fazendo sua estreia na televisão na TV Tupi na novela Dinheiro Vivo. Logo depois a atriz se transfere para a Rede Globo onde faz Coração Alado, entre muitas outras novelas. Maitê Proença é, também, escritora e lançou em 2008 o livro “Uma Vida Inventada” onde narra uma experiência amorosa frustrada com um francês que a abandonou depois de grávida.

*OBSERVAÇÃO: A história dessa carteira é meramente representativa. O produto acompanha somente uma frase dita pela mulher.

Você já usou este produto?

Compartilhe a sua opinião com a gente.

Avalie este produto
0,0 de 5 estrelas (0 avaliações)
  • 5 estrelas
    (0)
  • 4 estrelas
    (0)
  • 3 estrelas
    (0)
  • 2 estrelas
    (0)
  • 1 estrela
    (0)