NEW IN
House of Caju

BOLSA FEMININA EM COURO "CARLA CAMURATI"

CÓD. HC11544PTCCOX
R$ 429,0010x de R$ 42,90 sem juros ou R$ 386,10 à vista

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Não sei o meu CEP

CALCULANDO FRETE

Tipo Valor Prazo
VEJA MAIS CONDIÇÕES DE PARCELAMENTO. Clique aqui

Formas de parcelamento no cartão

  • 01 x de R$ 429
  • 02 x de R$ 215
  • 03 x de R$ 143
  • 04 x de R$ 107
  • 05 x de R$ 86
  • 06 x de R$ 72
  • 07 x de R$ 61
  • 08 x de R$ 54
  • 09 x de R$ 48
  • 10 x de R$ 43

HCCARLACAMURATI

A Bolsa Estruturada foi pensada e desenvolvida para imprimir a personalidade da Mulher Brasileira.
Com fechamento em zíper, ela acompanha duas alças: a alça de mão, que também pode ser usada no antebraço, e uma transversal regulável (removível).
Com metais e forros altamente personalizados enaltecemos ainda mais a Brasilidade.
Para adicionar ainda mais praticidade contamos com dois bolso interno.

Dimensões: 35.0cm x 23.0cm x 13.0cm (comprimento, altura, profundidade)
Comprimento da alça de mão: 35cm
Altura da alça de mão: 15cm
Comprimento da alça transversal: 70cm (mínimo) 1,20m (máximo)
Cor: Preta
Material: Couro
Sku: HC11544PTCCOX
Peso: 0,75kg

A história por trás do nome dessa companheira:

Carla de Andrade Camurati nasceu no Rio de Janeiro, 14 de outubro de 1960 é uma atriz e cineasta brasileira. Foi a presidente da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro entre 2007 e 2014. Após uma premiada carreira como atriz de cinema e televisão, nos anos 80, Carla Camurati lançou-se como diretora, produtora, roteirista e distribuidora em 1995, com o longa-metragem Carlota Joaquina, Princesa do Brazil, filme que se tornou um marco da era da retomada da produção nacional. Foi o primeiro sucesso de público do cinema nacional na década de 1990, com participação em quarenta festivais e cerca de 1,5 milhão de espectadores conquistados graças a uma iniciativa de distribuição totalmente independente liderada pela própria Carla Camurati. Antes de estrear na direção de longas, dirigiu dois curtas-metragens: A Mulher Fatal Encontra o Homem Ideal (1987) e Bastidores (1990). Em 1997, novamente dirigiu, escreveu e distribuiu um longa-metragem, La serva padrona, baseado na ópera de Pergolesi, primeiro filme-ópera do Brasil. Em 2007, assumiu a presidência da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

*OBSERVAÇÃO: Cada companheira da House of Caju possui uma história exclusiva, portanto a história acima pertence a companheira desta foto, cada companheira adquirida virá com uma história diferente.

Você já usou este produto?

Compartilhe a sua opinião com a gente.

Avalie este produto
0,0 de 5 estrelas (0 avaliações)
  • 5 estrelas
    (0)
  • 4 estrelas
    (0)
  • 3 estrelas
    (0)
  • 2 estrelas
    (0)
  • 1 estrela
    (0)