Bolsa Feminina Em Couro 'Adalgisa Néry '

Bolsa Feminina Em Couro 'Adalgisa Néry '

  • REF. HC1184CMLSOR
  • Disponibilidade: Até 3 dias Úteis
  • R$ 399,00

    R$ 399.00
  • 10x de R$ 39,90 sem juros
  • ou R$ 359,10 à vista
Companheira HCADALGISANÉRY : é sempre aquilo que você precisa que ela seja. Espaçosa e utilitária sem perder o estilo, ideal para ser usado na cidade ou no interior podendo até mesmo ser usada em ocasiões especiais.

DETALHES DO PRODUTO

Companheira HCADALGISANÉRY : é sempre aquilo que você precisa que ela seja. Espaçosa e utilitária sem perder o estilo, ideal para ser usado na cidade ou no interior podendo até mesmo ser usada em ocasiões especiais. 

45.0cm X 38.0cm X 21.0cm

>(Comprimento x Altura x Profundidade)

Espaço interno reprojetado com detalhes dos arquivos da House of Caju

Bolso interno com forro em tecido

Acabamento em couro da cor Caramelo

Código exclusivo dessa companheira: HC

A história por trás do nome dessa companheira

Carioca, escritora, jornalista e política. Casou-se, aos 16 anos, com o pintor e poeta paraense Ismael Néri, um dos precursores do Modernismo no Brasil. Graças a freqüentes reuniões em sua casa, ingressou em um sofisticado circuito intelectual, passando a conviver com intelectuais dentre os quais Manuel Bandeira, Carlos Drumond de Andrade, Murilo Mendes. Após o falecimento de Ismael Neri iniciou carreira literária, publicando seu primeiro trabalho em 1935 na Revista Acadêmica. Em 1940 casou-se com o jornalista e advogado Lourival Fontes, diretor-geral do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), órgão do estado Novo responsável pela censura. Posteriormente nomeado embaixador do Brasil do Brasil no México. Com isso Adalgisa Neri passou a freqüentar a elite intelectual daquele país; tendo sido retratada por Diogo Rivera e Frida Kalo. De volta ao Brasil, após sua separação, iniciou carreira como articulista política, tendo escrito, de 1955 a 1966 no jornal Última Hora, em uma coluna diária intitulada Retratos sem retoques . O sucesso da coluna levou-a a se candidatar pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Foi eleita à Assembléia Constituinte do então estado da Guanabara, em 1960; foi reeleita por mais dois mandatos em 1962 e 1966. Adalgisa alcançou seu maior sucesso literário com o romance autobiográfico  A imaginária publicado em 1959. Em seguida publicou livro de contos, volumes de poesias. Foi cassada pela junta militar em 1969. Faleceu em 1980 em um abrigo de idosos no Rio de Janeiro

*OBSERVAÇÃO: Cada companheira da House of Caju possui uma história exclusiva, portanto a história acima pertence a companheira desta foto, cada companheira adquirida virá com uma história diferente.

AVALIAÇÕES

Não há avaliações para este produto.

Tags: bolsas, bolsas femininas, bolsas em couro, bolsas house of caju, bolsas couro legítimo