HCEMÍLIAPINTOMAGALHÃESBRANCO

HCEMÍLIAPINTOMAGALHÃESBRANCO

  • REF. HCB11170CM
  • Disponibilidade: Até 2 dias Úteis
  • R$ 265,00

    R$ 265.00
  • 6x de R$ 44,17 sem juros
Companheira Damiana de Góis : sempre é aquilo que você precisa que ela seja. Espaçosa e estruturada sem perder o estilo, ideal para ser usado na cidade ou no interior podendo até mesmo ser usada em ocasiões especiais.
1x de R$ 265,00 sem juros
2x de R$ 132,50 sem juros
3x de R$ 88,33 sem juros
4x de R$ 66,25 sem juros
5x de R$ 53,00 sem juros
6x de R$ 44,17 sem juros
7x de R$ 43,34 com juros
8x de R$ 38,40 com juros
9x de R$ 34,55 com juros
10x de R$ 31,48 com juros
11x de R$ 28,96 com juros
12x de R$ 26,86 com juros

DETALHES DO PRODUTO

Companheira HCEMÍLIAPINTOMAGALHÃESBRANCO: sempre é aquilo que você precisa que ela seja. Espaçosa e utilitária sem perder o estilo, ideal para ser usado na cidade ou no interior podendo até mesmo ser usada em ocasiões especiais.


22.5 x 20.5 x 12.0 cm 
(Comprimento x Altura x Profundidade) 

- Espaço interno reprojetado com detalhes dos arquivos da House of Caju
- Bolso interno com forro em tecido
- Acabamento em couro da cor Caramelo
- Peças metálicas personalizadas

- Código exclusivo dessa companheira: HC00445


A história por trás do nome dessa companheira:

;'Emília Pinto Magalhães Branco, filha de comerciante português, é forçada a se casar aos 17 anos com o rico comerciante português Antônio Joaquim Branco, que a tratava com brutalidade. Revoltada com o tratamento que recebia, fogiu com a filha para a casa de uma família amiga, e mais tarde recolheu-se a uma das casa de sua família, não mais saindo as ruas. Apesar disto, sua casa passa a ser freqüentada pela elite cultural maranhense, discutindo a abolição e a libertação feminina. Enfrentando preconceitos, passou a viver com o chanceler do consulado português David Gonçalves de Azevedo. '


AVALIAÇÕES

Não há avaliações para este produto.

Tags: bolsas em couro